| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Momento UniFIAMFAAM - Semanário Digital
Desde: 06/12/2001      Publicadas: 4182      Atualização: 26/09/2007

Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL


 UniFIAM FAAM DIGITAL

  23/05/2007
  0 comentário(s)


PASSAPORTE PARA UNIVERSIDADE ESTRANGEIRA

Saiba como obter a carta de aceitação de uma instituição internacional

PASSAPORTE PARA UNIVERSIDADE ESTRANGEIRA


Se estudar no exterior está nos seus planos, saiba que vai ter bastante trabalho pela frente. Não basta apenas comprar a passagem, embarcar e pronto! Uma temporada fora do país não é a mesma coisa que um final de semana no interior ou no litoral. Há diversos caminhos a serem percorridos antes do embarque, como providenciar o passaporte, o visto, o seguro, escolher o curso, a instituição e a hospedagem.

Resumindo: muita burocracia. Quando se fala em pós-graduação, os processos tornam-se ainda mais rigorosos. Fora todos esses detalhes, é necessário ter em mãos a carta de aceitação da universidade estrangeira. É aí que muitos planos acabam indo por água abaixo. Se o processo seletivo para ingressar em programas de mestrado ou doutorado brasileiros já é difícil, imagine os internacionais. Além de preencher todos os requisitos e as exigências da instituição de interesse, o estudante precisa vencer muitos entraves. "O contato deve ser estabelecido antes da viagem, ou seja, a distância, o que dificulta ainda mais o processo", alerta a presidente do Faubai (Fórum de Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais) e assessora de assuntos internacionais da UCS (Universidade de Caxias do Sul), Luciane Stallivieri. Mas não se engane: sem a carta de aceitação nada de intercâmbio. O instrumento é o passe para o ingresso em uma universidade estrangeira e o responsável pelo andamento de muitos outros processos da viagem. Alguns países exigem o documento até mesmo para a concessão do visto. Se seu objetivo é pleitear uma bolsa de estudos junto aos órgãos brasileiros ou às agências internacionais, mais uma vez, a carta é um requisito básico. Os programas da Fundação Carolina, instituição do governo espanhol, por exemplo, só consideram as inscrições dos candidatos que apresentem a aceitação da universidade estrangeira. E não é a única a adotar esse procedimento. Para realizar sua pós-graduação no exterior, por meio do Alßan - programa oferecido pela União Européia a latino-americanos -, a estudante Flávia Adriane Araújo de Azevedo, 26 anos, foi pega de surpresa ao ler a lista de documentos para a inscrição no edital da bolsa. "Tive que correr contra o tempo. Sem a carta de aceitação não teria passado no processo e, nem mesmo, estaria aqui em Portugal, na Universidade Fernando Pessoa, fazendo minha pós", imagina. "Um processo que demanda tempo e muita persistência. Não é nada fácil conseguir a carta. Conheço muitas pessoas que perderam a oportunidade de ganhar uma bolsa de estudo por falta do documento."

Caminho das pedras

O primeiro passo para obter a tão almejada aceitação é listar as universidades e os cursos que correspondam as suas expectativas profissionais e pessoais. Depois, entrar no site da instituição e colher todas as informações referentes à grade curricular do curso, ao processo seletivo e principalmente ao ingresso de estrangeiros. "Esse processo é muito mais fácil e eficaz quando conta com o auxílio de um profissional especializado, que dará ao estudante todas as informações necessárias e o acompanhará durante toda essa caminhada", recomenda a presidente da Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association - Associação de Agências de Intercâmbio), Tatiana Visnevski de Carvalho Mendes. Nesse caso, pode-se consultar as agências de intercâmbio, os órgãos representantes do país de destino no Brasil e os departamentos de cooperação internacional das universidades brasileiras. As feiras de intercâmbio que trazem representante das principais instituições internacionais também podem estreitar a comunicação entre os estudantes e a universidade estrangeira. Mas se a opção for pelo contato direto com a instituição, sem o auxílio de ninguém, é preciso saber com quem falar. Não basta mandar o pedido ao primeiro e-mail encontrado no site da universidade. Isso só vai atrasar o processo. O ideal é entrar em contato com o departamento de relações internacionais e com o coordenador do curso. "O coordenador poderá dizer se suas características e necessidades correspondem ao curso e a assessoria poderá encaminhar você para o processo burocrático da aceitação", explica Luciane. Não basta o coordenador concordar com a estadia do aluno. È muito importante que isso seja oficializado pela instituição. Por isso, os contatos devem ser feitos simultaneamente. Além disso, é necessário ultrapassar a distância, o fuso-horário, a diferença cultural e, ainda, as instabilidades dos meios eletrônicos para manter um bom relacionamento e uma boa comunicação com a instituição. "O ideal é não confiar apenas no contato por e-mail. Invista em uma ligação para certificar-se de que a pessoa recebeu a sua mensagem e se você está falando com a pessoa certa", orienta Luciene. "O contato telefônico reforça o seu interesse. E mais, um pequeno investimento pode valer meses de espera", completa. E não é de uma hora para outra, com uma única ligação ou um
simples e-mail que você vai conseguir o que procura. Esse trâmite pode durar dias, mas também pode levar meses para ser resolvido. "Em um mês consegui a carta de aceitação provisória da universidade de Portugal. Isso porque sempre fui objetiva nas minhas mensagens. Esse é o segredo. Além disso, tive a sorte de não ser a primeira estudante albanista recebida pela instituição", relata Flávia. Mas não é muito bom contar com os acasos. Por isso, os especialistas recomendam que esses contatos sejam feitos com pelo menos seis meses de antecedência. E mais, que você não se restrinja só a uma instituição. O seu pedido pode ser negado na última instância. Por isso, não basta o planejamento e a boa comunicação com a instituição. Muitos outros aspectos também são levados em conta durante o processo de avaliação. Cada universidade segue um procedimento, mas, em geral, todas elas cobram excelência acadêmica, avaliam a formação e o currículo do aluno, além de um bom projeto de pesquisa. Outro requisito básico é o nível de proficiência no idioma estrangeiro. "O aluno deve ficar bastante atento com a documentação exigida, qualquer pendência pode comprometer a sua candidatura", alerta Tatiana.

Portal Universia, 16/05/2007



  Mais notícias da seção Educação no caderno UniFIAM FAAM DIGITAL
20/09/2007 - Educação - TOTAL DE ESTUDANTES NA FACULDADE SOBE 13%
Para especialistas, aumento está ligado ao envelhecimento da população e à oferta de cursos com mensalidades mais baixas. Dos universitários, 75,5% estão em instituições particulares; no geral, educação pública tem queda de 0,7% no nº de alunos ...
23/08/2007 - Educação - CARTILHA ORIENTA PAIS SOBRE PERIGOS DA INTERNET
Publicação visa proteger crianças da pedofilia no ambiente virtual e será divulgada por campanha criada pela Lew'Lara...
23/08/2007 - Educação - UNIVERSIDADES PAULISTAS LANÇAM PORTAL DE E-BOOKS
A plataforma estréia com um acervo de 188 mil livros eletrônicos...
08/08/2007 - Educação - EDUCAÇÃO PÚBLICA SERÁ TEMA DE PRÊMIO JORNALÍSTICO
Mais de US$ 12 mil em prêmios...
02/08/2007 - Educação - PRINCÍPIOS NORTEADORES PARA PESQUISA
Livro apresenta princípios norteadores para que os alunos possam executar investigações em bases de dados confiáveis na Internet...
29/05/2007 - Educação - PESQUISA DIZ QUE FACULDADES NÃO FORMAM EMPREENDEDORES
A maioria dos entrevistados desconhece a existência desse tipo de mecanismo de incentivo ...
29/05/2007 - Educação - NOVA BASE DE DADOS CIENTÍFICOS VAI BENEFICIAR 600 MIL ESTUDANTES E PESQUISADORES
Nos últimos dez anos houve um aumento de 20% no acesso on-line no Brasil...
17/05/2007 - Educação - CÓPIAS ILEGAIS NA EDUCAÇÃO
Somente ao autor cabe o direito de utilizar, fruir e dispor da obra de sua autoria....
10/05/2007 - Educação - FIAM-FAAM PROMOVE 8ª EDIÇÃO DO CURSO COMUNICAÇÃO SOCIOAMBIENTAL
Objetivo é tornar o aluno um gestor da comunicação socioambiental, capacitando-o para que ele possa dar ênfase às questões ambientais como o desenvolvimento sustentável e preservação ambiental, no planejamento de comunicação da organização onde atua....
17/04/2007 - Educação - A COZINHEIRA QUE FAZIA UM PROJETO TODOS OS DIAS
Sobre projetospedagógicos......
17/04/2007 - Educação - NÚMERO DE VAGAS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR CRESCEU 470%
De acordo com as estatísticas do Censo da Educação Superior, o número de vagas nas IES brasileiras cresceu de 516.663, em 1991, para 2.429.737, no ano de 2005, um aumento de 470%....
20/03/2007 - Educação - ENEM ADIA PRAZO DE INSCRIÇÃO PARA MAIO
A prova está marcada para 26 de agosto e terá cinco horas de duração....
17/12/2006 - Educação - VAMOS ACABAR COM AS NOTAS
Damos notas a hotéis, a videogames e a tipos de café. Mas faz sentido dar notas a seres humanos como fazem as escolas e nossas universidades? Ninguém dá a Beethoven ou à Quinta Sinfonia uma nota como 6.8, por exemplo. ...
30/10/2006 - Educação - BOLSAS PARA CURSOS DE CIÊNCIA E RELIGIÃO DISPONÍVEIS A JORNALISTAS
Inscrições terminam em 15 de dezembro...
24/10/2006 - Educação - OS VELHOS TEMPOS DO JORNAL AMÉRICA
TCC relembra a publicação estudantil e a eterna amizade de seus criadores...
07/10/2006 - Educação - O PAPEL EDUCADOR DO JORNALISMO CIENTÍFICO
Uma resenha crítica sobre o artigo de Laura Barcha ...
02/10/2006 - Educação - TCC: O UNIVERSO DA NOVA MPB
Site deverá abrigar produção e conceitos musicais...
01/09/2006 - Educação - ANALFABETISMO FUNCIONAL PREJUDICA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS
Crianças sabem ler, escrever e contar; mas não conseguem compreender a palavra escrita....
01/09/2006 - Educação - JORNALISMO TAMBÉM É EDUCAÇÃO
O jornalista científico é o mediador entre o cientista e os leitores...
16/08/2006 - Educação - INDÚSTRIA CONTRATA POUCOS MESTRES E DOUTORES
Pesquisa mostra que apenas 1% dos profissionais com mestrado e doutorado trabalham em fábricas no Brasil ...
09/08/2006 - Educação - BASTA LER, E PRECISO ENTENDER
A leitura, a escrita e tudo que se aprende na vida só ganham perfeição por intermédio do exercício diário Fátima Soares Rodrigues...
09/08/2006 - Educação -
Para especialista, aluno deve ir para a prova centrado na razão, não na emoção ...
27/06/2006 - Educação - 4 TIPOS DE ALUNOS
Segredos para montar uma aula dinâmica...
27/06/2006 - Educação - TERRA DE DOUTORES
Dar aulas é para quem ama sua profissão e tem fé no destino da pátria e das novas gerações ...
21/06/2006 - Educação - TÁ QUERENDO PESQUISAR?
A resposta está na ponta dos dedos......
21/06/2006 - Educação - O VALOR DO DIPLOMA: MESTRADO DOBRA RENDA DO TRABALHADOR
Pesquisa mostra que qualificação de nível médio foi a que mais perdeu rendimento de 1995 a 2004...
21/06/2006 - Educação - INCENTIVO PARA ESTUDAR NA ALEMANHA
O último obstáculo: o período de permanência...
25/05/2006 - Educação - MEC VAI MONITORAR PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR
Um dos objetivos será verificar a mobilidade dos docentes no sistema de ensino superior do país...
25/05/2006 - Educação - 63% DOS PROFESSORES TÊM PROBLEMAS NA VOZ
Pesquisa feita na rede particular de SP revela que 15,4 % dos docentes cogitam largar a profissão por dificuldades na fala ...
08/05/2006 - Educação - CÁTEDRA UNESCO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NO NÚCLEO JOSÉ REIS DA USP
O acordo Unesco/USP busca incentivar a disseminar o conhecimento científico e tecnológico atual de forma acessível à população ...



Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL
Busca em

  
4182 Notícias