| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Momento UniFIAMFAAM - Semanário Digital
Desde: 06/12/2001      Publicadas: 4182      Atualização: 26/09/2007

Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL


 UniFIAM FAAM DIGITAL

  23/05/2007
  0 comentário(s)


O RISCO DOS RISCOS


Crônica do Prof. Edgard

O RISCO DOS RISCOS
A notícia dizia que o avião caiu e pegou fogo mas que o piloto e o passageiro, socorridos a tempo, apesar das queimaduras, não corriam risco de morte.

Outra notícia dizia que uma senhora, grávida, tinha sido vítima de uma bala perdida. Também foi socorrida a tempo e, apesar da gravidade dos ferimentos, nem ela, nem seu bebê corriam risco de morte. Teve também o caso do motoboy que foi atingido por um ônibus, em plena Radial Leste, sofrendo ferimentos gravíssimos. Felizmente, apesar da violência do acidente, o rapaz não corria risco de morte.

Como se vê, o dia-a-dia da imprensa está repleto de acontecimentos trágicos com tanta gente sofrendo, mas, ainda bem e com certeza, socorridos, sem correr risco de morte.
Se a gente levar ao pé da letra a informação de que "As pessoas envolvidas não correm risco de morte", chega à conclusão de que a maior parte dos acidentes que acaba virando notícia condena à vida eterna os personagens participantes da tragédia. Ainda que feridos com muita gravidade.

Sim, meus caros, a morte é o risco iminente que nos apavora a todos. Maravilhosa essa informação, que certamente é oferecida por médicos e responsáveis pelos eventuais atendimentos a pacientes acidentados, garantindo que boa parte deles "não corre risco de morte".

A se acreditar nisso, tenho a certeza de que finada a Velhinha de Taubaté, criada pelo incrível Luiz Fernando Veríssimo, personagem que, todos lembram, acreditava em tudo o que lhe diziam, especialmente nas mentiras soberanas dos homens do governo. Também ela, por certo, gostaria de ter sofrido um acidente só para não correr "risco de
Morte" e, portanto, nem teria morrido.

Eremildo, o Idiota, outra figura marcante que está na lembrança de todos, criada pelo sempre arguto Elio Gaspari, e que também acredita em tudo o que lê, com certeza adoraria se submeter a um acidente grave, desde que lhe garantissem que ele não correria o tal "risco de morte".

Até eu, que sou mais bobo, me sinto tentado a cair com um teco-teco, me postar na rota de uma bala perdida ou coisa assim. Se precisar e se for para não correr "risco de morte" deixo até de torcer pelo Corinthians, o que, convenhamos, já é um grande risco.

Dito, lido e comentado, concluo que a nossa Língua Portuguesa é mesmo um barato. Antes, quando noticiavam acidentes desse tipo já citado, os órgãos de comunicação costumavam dizer que o acidentado "não corria o risco de vida", o que, sem dúvida nenhuma poderia representar uma séria ameaça de morte ou um disparate. Tanto criticaram essa expressão que a coisa virou da água para o vinho e assim os acidentados ganharam toda a sobrevida possível, pois, apesar da gravidade dos seus ferimentos, "não correm risco de morte".

Nenhuma das explicações que já ouvi a respeito me convenceu. E ainda não sei se o correto é dizer "risco de morte" ou o "risco de vida", portanto, não vou me arriscar.
Continuo achando que o grande risco mesmo é o nosso bendito Português que abriga palavras tão lindas e meigas como saudade e felicidade, mas também tem lugar para um vitupério qualquer.

Vitupério, lembrem-se os esquecidos desse termo, é o insulto ou a injúria que se comete contra a Língua quando se escreve uma crônica como esta.

Prof. Edgard de Oliveira Barros



  Mais notícias da seção Gente que escreve no caderno UniFIAM FAAM DIGITAL
26/09/2007 - Gente que escreve - PAGANDO FAVORES
Crônica do Prof. Edgard...
26/09/2007 - Gente que escreve - UMA VIDA DANTESCA
A força de vontade de Cassiano Oliveira, catador de entulhos que encontrou no lixo uma forma de sobreviver e escapar do inferno...
26/09/2007 - Gente que escreve - FIDELIDADE ÀS RAÍZES E ORIGENS
A dedicação e preocupação de Leonardo Mendonça com o meio ambiente fizeram com que o filho de fazendeiro pagasse as pessoas para que plantassem árvores....
20/09/2007 - Gente que escreve - MEMÓRIAS DA PRAIA
Crônica do Prof. Edgard...
20/09/2007 - Gente que escreve - ELE QUERIA MUDAR O MUNDO
Caio Queiroz, o jovem empresário que tirou boas idéias do lixo...
20/09/2007 - Gente que escreve - O GUARDIÃO DA FLORESTA
Amor à natureza fez Marcio Mônaco se tornar um agrônomo ...
12/09/2007 - Gente que escreve - UMA QUESTÃO DE PRAZOS
Crônica do Prof. Edgard...
04/09/2007 - Gente que escreve - VINGANDO AS FLORES
Crônica do Prof. Edgard...
29/08/2007 - Gente que escreve - GENTE DE VALOR
Crônica do Prof. Edgard...
23/08/2007 - Gente que escreve - UM COMPUTADOR ALOPRADO
Crônica do Prof. Edgard...
15/08/2007 - Gente que escreve - UM PEIXE FRITO
Crônica do Prof. Edgard...
08/08/2007 - Gente que escreve - FAZER NADA TAMBÉM É ARTE
Crônica do Prof. Edgard...
02/08/2007 - Gente que escreve - QUESTÃO DE MOMENTO
Crônica do Prof. Edgard...
17/06/2007 - Gente que escreve - SOSSEGADO
Crônica do Prof. Edgard...
17/06/2007 - Gente que escreve - UMA HISTÓRIA AO ACASO
Crônica do Prof. Edgard...
10/06/2007 - Gente que escreve - COM UM CARTAZ NA CABEÇA
Crônica do Prof. Edgard...
03/06/2007 - Gente que escreve - O PALAVRÃO EM POUCAS PALAVRAS
Crônica do Prof. Edgard...
29/05/2007 - Gente que escreve - DE CRISTA CAÍDA
Crônica do Prof. Edgard...
17/05/2007 - Gente que escreve - A FALTA QUE UM "GROOVING" FAZ
Crônica do Prof. Edgard...
02/05/2007 - Gente que escreve - É BEM PELO MEIO
Crônica do Prof. Edgard...
25/04/2007 - Gente que escreve - PARECIA A VIDA
Crônica do Prof. Edgard...
25/04/2007 - Gente que escreve - A DANÇA DAS CADEIRAS
Cadeirante e dançarina, com muita força de vontade...
18/04/2007 - Gente que escreve - MEIO DO CAMINHO
Crônica do Prof. Edgard...
17/04/2007 - Gente que escreve - EM CASA DE FERREIRO, O ESPETO É DE PAU
Já faz quase dois meses que a concessionária Carrera sofre com o sumiço de instrumentos de trabalho. Quem acaba atingido são os clientes....
11/04/2007 - Gente que escreve - COISAS DE AMIGO
Crônica do Prof. Edgard...
03/04/2007 - Gente que escreve - CONFORME SE VIU NA TV - VERSÃO DOIS
Crônica do Prof. Edgard...
27/03/2007 - Gente que escreve - CONFORME O QUE SE VIU NA TV
Crônica do Prof. Edgard...
20/03/2007 - Gente que escreve - TIROTEIO NAS REDAÇÕES
Caiu o tabu: jornalista agora processa jornalista...
17/12/2006 - Gente que escreve - UM ÚLTIMO PEDIDO
Crônica do Prof. Edgard...
12/12/2006 - Gente que escreve - MANTENHA SEGREDO
Crônica do Prof. Edgard...



Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL
Busca em

  
4182 Notícias