| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Momento UniFIAMFAAM - Semanário Digital
Desde: 06/12/2001      Publicadas: 4182      Atualização: 26/09/2007

Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL


 UniFIAM FAAM DIGITAL

  02/10/2006
  0 comentário(s)


O FOGO CRUZADO DO JORNALISMO DE CIÊNCIA

Há uma pressuposição de que à imprensa cabe um papel passivo na divulgação científica.

O FOGO CRUZADO DO JORNALISMO DE CIÊNCIA Para Maurício Tuffani, assim como em todas as áreas do jornalismo, a atividade do profissional de imprensa que cobre ciência pressupõe um fogo cruzado cujos "disparos" partem de três direções: do leitor, das fontes e do próprio veículo de comunicação. Os disparos do leitor tratam-se do chamado "leitor médio", que é um tipo muito peculiar, sendo uma entidade fictícia. Estes seriam incapazes de compreender qualquer matéria que não tenha sido elaborada sob o mais severo didatismo. Ou seja, as reportagens sobre temas científicos precisam ser devidamente contextualizadas com infográficos, matérias explicativas, cronologias e até mesmo com glossários. Essa atitude editorial tem atraído a atenção de leitores que, em princípio, não se interessariam por muitos temas científicos. Esse esforço pelo didatismo tem proporcionado resultados positivos para a divulgação científica e também para os veículos de comunicação. Para que escapem do "leitor médio", os jornalistas que cobrem ciência partem para a especialização. Essa, aliás, é a tendência atual em quase todas as áreas do jornalismo. Além de outras publicações, as principais fontes de informação dos repórteres de ciência são pesquisadores, professores e outros profissionais de áreas técnicas, assim como as instituições em que eles trabalham, como: universidades, centros de pesquisa, hospitais, empresas privadas e Ongs. Até poucos anos atrás era muito comum ver pesquisadores com receio de dar entrevistas, e isso tinha como causas principais a insegurança com a capacidade de os repórteres compreenderem e depois explicarem o tema da entrevista solicitada. Nos anos 1990 houve um rápido crescimento de equipes de comunicação a serviço de instituições de pesquisa. A comunidade acadêmica passou a se preocupar cada vez mais com a qualidade da "tradução" que jornalistas "sem formação em ciência" oferecem dos "complexos conteúdos" da produção científica contemporânea. O lado positivo dessa preocupação por parte da comunidade científica está nos esforços que ela tem feito para fazer com que profissionais de imprensa estejam mais familiarizados com a linguagem e os métodos da ciência. É preciso reconhecer também que essa mobilização tem feito não só com que os órgãos de pesquisa estejam cada vez mais bem assessorados por profissionais de comunicação no seu relacionamento com a mídia, como também tem colaborado para o crescente número de pesquisadores preparados para o contato com a imprensa. O lado negativo no que se refere aos princípios do jornalismo está na pressuposição de que à imprensa cabe um papel passivo na divulgação científica. A conseqüência desse critério faz com que as fontes das reportagens de ciência teriam um status diferenciado daquelas das outras áreas do jornalismo, como política, economia e polícia, por exemplo. E também em grande parte do noticiário de ciência, não existe o contraditório. A informação que geralmente chega ao leitor é mostrada como uma verdade absoluta. Sendo assim, o bom jornalista de ciência precisa ser capaz de compreender que pode haver uma pauta muito mais importante do que aquela proposta por uma instituição de pesquisa. Ele precisa ter familiaridade com a linguagem e os métodos da ciência, mas acima de tudo precisa ter uma atitude crítica com relação às suas fontes, mesmo que para isso esteja nesse fogo cruzado para produzir o noticiário de ciência. Por Alline Cipriani



  Mais notícias da seção Comunicação Comparada no caderno UniFIAM FAAM DIGITAL
20/09/2007 - Comunicação Comparada - FENAJ DISPONIBILIZA TEXTO ATUALIZADO DO CÓDIGO DE ÉTICA
O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros vigora há 20 anos...
23/08/2007 - Comunicação Comparada - GLOBO CONDENADA A PAGAR R$ 350 MIL A DESEMBARGADOR
Ação foi motivada por reportagens que teriam 'ferido a honra' da família do magistrado...
08/08/2007 - Comunicação Comparada - SÓ HÁ VIOLAÇÃO DA HONRA SE JORNAL DIVULGA NOTÍCIAS FALSAS
Por dentro de legislação em comunicação.... ...
26/06/2007 - Comunicação Comparada - MERCADO DE COMUNICAÇÕES DEVE CRESCER 6,5% AO ANO ATÉ 2011
Até 2009 investimento em publicidade na internet devem ultrapassar gasto na impressão de jornais...
17/06/2007 - Comunicação Comparada - JORNALISMO DE GUERRA
Guerra Fria - CIA - Espionagem - Meios de Comunicação...
23/05/2007 - Comunicação Comparada - NELSON TRAQUINA: JORNALISTAS NÃO LIGAM PARA A TEORIA
"Por que os estudos teóricos contribuem pouco para melhorar o jornalismo? Deve ser porque os jornalistas lêem pouco sobre eles"...
02/05/2007 - Comunicação Comparada - OBSERVATÓRIO DE DIREITO À COMUNICAÇÃO É LANÇADO NA INTERNET
Instância de acompanhamento e fiscalização das políticas públicas e das mobilizações sociais no campo da comunicação, o Observatório é, segundo especialistas, um marco de pionerismo no Brasil que transcende a luta pela democratização da comunicação para estabelecer o paradigma do direito humano à comunicação....
02/05/2007 - Comunicação Comparada - EDITOR TAMBÉM RESPONDE JUDICIALMENTE POR MATÉRIAS OFENSIVAS
Cuidado na hora de assinar o expediente... ...
17/12/2006 - Comunicação Comparada - PESQUISA AFIRMA QUE MÍDIAS DIGITAIS SÃO MAIS POPULARES QUE OUTROS VEÍCULOS
Todos os meios, principalmente o impresso, estão buscando uma adaptação, um novo fôlego....
12/12/2006 - Comunicação Comparada - PESQUISA MOSTRA COMO A PROPAGANDA IMPRESSA E TELEVISIVA INFLUENCIA O CONSUMO DOS BRASILEIROS
No Brasil, as propagandas impressa e televisiva aparecem como principal fator de influência na escolha do presente...
28/11/2006 - Comunicação Comparada - MÉDICOS TEMEM 'GOOGLE-CONSULTÓRIO'
Estudo diz que site permite identificar corretamente doenças, mas há risco de automedicação e diagnóstico errado ...
14/11/2006 - Comunicação Comparada - ABRIL LANÇARÁ REVISTA 100% ESCRITA PELOS LEITORES
Considerado o principal lançamento da empresa nos últimos 10 anos, a publicação terá periodicidade semanal, tiragem inicial de 850 mil exemplares e preço de capa de R$ 1,99. Trata-se do primeiro lançamento da editora no segmento Vida Real...
24/10/2006 - Comunicação Comparada - COMUNICAÇÃO EM SAÚDE
Publicação faz um balanço da produção nacional nesse campo do conhecimento. ...
24/10/2006 - Comunicação Comparada - O JORNALISMO CIENTÍFICO E O COMPROMISSO DAS FONTES
O bom jornalista procura recursos para qualificar a informação...
28/09/2006 - Comunicação Comparada - REDAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
Para quem está de olho nos TCCs...
18/09/2006 - Comunicação Comparada - "JORNALISMO GONZO EXIGE PESQUISA PROFUNDA"
Prof. Tognolli inspira discípulos...
31/08/2006 - Comunicação Comparada - A INFLUÊNCIA DAS GRANDES MARCAS NA VIDA DAS PESSOAS
TCC aborda o imaginário das marcas...
09/08/2006 - Comunicação Comparada - COLUNISTA GAÚCHO É CONDENADO POR OFENDER ÍNDIOS
Corrêa é julgado por crime de racismo contra indígenas ...
06/04/2006 - Comunicação Comparada - O FUTURO DA NAÇÃO ESTÁ EM SUAS MÃOS
Escolha de profissão ainda é dilema...
29/03/2006 - Comunicação Comparada - EXIGÊNCIA DO DIPLOMA CONTINUA EM VIGOR
Legislação profissional permanece válida e que os registros de precários não têm mais valor. ...
15/03/2006 - Comunicação Comparada - MATO GROSSO APROVA COTA PARA PROFESSOR NEGRO
Depois da polêmica por conta da criação de cotas para estudantes, agora as universidades e o Ministério da Educação começam a discutir a criação de reserva de vagas para professores negros...
01/03/2006 - Comunicação Comparada - NOTÍCIA NO SEU CELULAR
Rádio Bandeirantes encontra novo nicho de mercado de informação...
22/02/2006 - Comunicação Comparada - CASO ESCOLA BASE
Desrespeito à ética do jornalismo e ao direito por Rogério Duarte Fernandes dos Passos...
22/12/2005 - Comunicação Comparada - JORNALISMO PÚBLICO: POPULAR OU POPULARESCO ?
Há cunho social no que está sendo escrito?...
22/12/2005 - Comunicação Comparada - JORNALISMO PÚBLICO: O RECEPTOR COMO FONTE
A teoria de David Berlo às avessas...
29/11/2005 - Comunicação Comparada - POR OUTRO LADO...
Brasil segue líder mundial em tempo gasto na Internet ...
02/06/2005 - Comunicação Comparada - ALUNOS E EDITORAS DUELAM POR XEROX DE OBRA
Associações de editores intensificam ações policiais e de conscientização; docentes recomendam cópias parciais ...
09/12/2004 - Comunicação Comparada - VERDADES QUE ACUSAM
Não fazendo muito mais do que a sua profissão manda, bons jornalistas arriscam suas próprias vidas para apurar casos que os envolvem em situações de risco, tudo pelo amor à profissão...
09/12/2004 - Comunicação Comparada - OFICINAS DE ENSINO GARANTEM MELHOR FORMAÇÃO
Alunos que participam saem na frente no mercado de trabalho...
25/11/2004 - Comunicação Comparada - NESTLÉ É A MARCA QUE MAIS RESPEITA O CONSUMIDOR
Empresa foi a mais votada em eleição organizada pela Rádio Bandeirantes ...



Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL
Busca em

  
4182 Notícias