| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Momento UniFIAMFAAM - Semanário Digital
Desde: 06/12/2001      Publicadas: 4182      Atualização: 26/09/2007

Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL


 UniFIAM FAAM DIGITAL

  19/10/2005
  0 comentário(s)


"THE RIGHT TO BEAR ARMS"

Aluno opina sobre o SIM e o NÃO do referendo

A discussão ao redor da proibição do comércio de armas e munições fica de fato "ao redor": só dá voltas e voltas e cai no mesmo lugar. O consenso é apenas um: proibindo ou não, isso não vai impedir alguém que QUEIRA ter uma arma de adquiri-la.

O grande ponto, que só ficou bem claro depois das propagandas mais recentes, é: estão nos tomando um DIREITO básico que está na constituição: o DIREITO de autodefesa. O DIREITO de ter armas. Ou melhor, de ESCOLHER se quer ou não ter armas.

Minha mãe - que vai votar SIM - me falou que o cidadão não DEVERIA precisar - ou escolher - comprar uma arma para se defender, porque o Estado DEVERIA cumprir seu dever de proteger o cidadão e desarmar o bandido. Mas qualquer pessoa mais ou menos informada sabe que isso não acontece e nunca aconteceu.

Soltei o verbo: "Ok, mãe. O Estado tem o dever de me fornecer educação, saúde e proteção. Mesmo assim, você me pôs pra estudar no Porto Seguro em vez do Andronico de Mello. Mesmo assim, você paga uma fortuna por mês de plano de saúde em vez de utilizar o SUS. Mas na hora que o que está na reta é a sua CABEÇA, você quer depender da polícia. É bom ter carro blindado, né? Quem sabe o próximo Referendo seja proibindo isso. Carros blindados também são armas. Bota um imbecil atrás da direção de um troço de duas toneladas, vê o estrago que ele faz".

O que realmente importa é o que eu já disse acima: estão nos tirando um DIREITO. O que acontece depois que abrirem essa porta? Quem sabe não fazem um Referendo tornando ilegais as escolas particulares? Ou os hospitais particulares? É a mesma coisa: "pode deixar que o Estado toma conta de você". Vai nessa.

Voltaire dizia: "Não concordo com uma só palavra do que você diz, mas defenderei até a morte seu DIREITO de dizê-las".

Já Max Weber dizia que "o Estado é quem tem o monopólio legítimo da violência".

Agora me diga: QUEM tem o monopólio legítimo da violência hoje em dia? A polícia? Não sei, não. Os bandidos? Ahá! Então vote a favor, desarme a população, ajude a formar esse monopólio.

Polícia - a meu ver - serve pra me enquadrar quando estou fumando um baseado no fim da minha rua, mas não pra me proteger de bandido. Se tivesse um pivete roubando minha carteira ali, duvido que aparecessem TRÊS VIATURAS (num total de OITO policiais), como fizeram, pra dar bronca em meia dúzia de moleques fumando maconha.

Eu, pessoalmente, não gostaria nem um pouco que armas fossem um artefato do dia-a-dia, como um celular, que todo mundo portasse. Bastaria alguém ficar bêbado e pronto: chacina no Morumbi. Sou a favor de pessoas conscientes, responsáveis e treinadas terem armas, seja como objeto de coleção ou mesmo para autodefesa. Mas se no dia 23 sair o SIM, essas pessoas conscientes, responsáveis e treinadas não terão mais o DIREITO de comprar uma arma.

Esse assunto é ótimo para puxar assunto em mesa de bar. Estou vendo muita gente que não está entendendo direito essa história do Referendo. Um amigo me falou uma coisa que eu não tinha percebido: isso não é um Referendo para o desarmamento, apenas para a proibição do COMÉRCIO de armas e munições. Ou seja, se sair o SIM não quer dizer que quem tem arma será obrigado a entregá-las. Da mesma forma que se sair o NÃO, isso não quer dizer que será obrigatório todos terem armas. Entendam: NINGUÉM é obrigado - e nem devia - a ter armas. Mas TODOS - sem exceção - DEVEM ter o DIREITO A ESCOLHER se quer ou não ter armas. É um direito primário, o direito à autodefesa. "The right to bear arms", na constituição norte-americana.

A Suíça, por exemplo, é um dos poucos países com uma taxa per capita de armas maior que a dos EUA. Engraçado. Lá todo mundo tem, mas ninguém precisa, ninguém usa. Pesquise a respeito: o número de crimes com armas de fogo na Suíça é ÍNFIMO. Pode olhar.

O que complica isso tudo é o Estatuto do Desarmamento. Aquelas páginas que dizem que quem provar que realmente precisa de uma arma poderá comprá-la. Não sei se concordo com isso. Um outro amigo meu disse que já teve seu apartamento " no 12º andar, pasmem " assaltado três vezes, uma delas com a família presente. Ele argumenta que precisa de uma arma. Mas o que a Polícia Federal irá dizer a um sujeito que mora num belo apartamento no Morumbi, a 10 minutos da Delegacia mais próxima, quando ele disser que precisa de uma arma? Fácil adivinhar. É o de sempre: "deixa que o Estado te protege". De novo, vai nessa.

Obs: a opinião do autor não representa a linha editorial do Momento Online, cabendo ao leitor decidir pelo SIM pelo NÃO no referendo.


  Autor:   (Juliano Nunes)


  Mais notícias da seção Colaborações no caderno UniFIAM FAAM DIGITAL
20/09/2007 - Colaborações - EDUCAÇÃO COMEÇA NA ESCOLA
Prefeitura quer melhorar a qualidade de vida de crianças e busca parcerias para projeto que aborda questões importantes para a prevenção e tratamento de doenças....
23/05/2007 - Colaborações - SINDICATO DISCUTE PAPEL DE JORNALISTAS NO TERCEIRO SETOR
As inscrições vão até 31 de maio...
17/05/2007 - Colaborações - MÚSICA PARA OUVIR, MÚSICA PARA FALAR
Novo movimento musical atrai jovens em São Paulo...
24/10/2006 - Colaborações - O BRASIL É UM PAÍS DE ANALFABETOS CIENTÍFICOS
Uma resenha crítica sobre o artigo O papel educador do Jornalismo Científico, de Laura Barcha...
18/10/2006 - Colaborações - CRÔNICAS DESCONHECIDAS
Mel Bose escreve para o Momento online...
18/10/2006 - Colaborações - TRINTA POR DEZ
Que fazer com essas crianças que são obrigadas a crescer mais cedo?...
08/06/2006 - Colaborações - SÃO PAULO E EU
Conto de Regina Miranda*...
29/03/2006 - Colaborações - DEZ DICAS SOBRE TEXTO
Tá com dificuldade em escrever? Então vamos lá......
01/03/2006 - Colaborações - A MISSÃO DO MESTRE
O professor de hoje não é o sábio de antigamente....
09/12/2005 - Colaborações - MEIO HOMER, MEIO LINEU
Sobre a necessidade de ser claro ...
11/11/2005 - Colaborações - TÁ RESOLVIDO O PROBLEMA
Crônica do Professor Edgard...
07/11/2005 - Colaborações - CRÔNICA DO PROFESSOR EDGARD
E quem disse que um passarinho não pode mudar nosso mundo...
19/10/2005 - Colaborações - PAGANDO PRA VER
Crônica do Prof. Edgard...
11/10/2005 - Colaborações - OS BRUXOS DA MINHA VIDA: "A REALIDADE É APENAS UMA OPINIÃO"
Com Timothy Leary, aprendi muita coisa a partir de uma frase que ele gostava muito: a realidade não passa de uma opinião, dizia. Leary achava que viver é surfar o caos: não podemos modificá-lo, mas podemos surfá-lo ...
03/10/2005 - Colaborações - UMA NOVA ONDA DE DESCULPAS
A desculpa já pronta: "Eu não sabia disso, isso não chegava até mim, quem cuidava disso eram responsáveis subalternos, etc"...
22/09/2005 - Colaborações - COM QUEM VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FALANDO?
Crônica do Prof. Edgard de Oliveira Barros...
15/09/2005 - Colaborações - RODA GIGANTE GIRA
Mais uma crônica do Prof. Edgard......
07/09/2005 - Colaborações - O SANTO DIÁRIO
A internet virou um grande inconsciente coletivo. Está tudo lá. Até o famoso meu caro diário ficou transparente, numa época em que tanta transparência se prega, com exceção é claro daquela a tratar das relações e negócios do governo...
01/09/2005 - Colaborações - O MELHOR ESTÁ POR VIR
Chico Buarque disse essa semana que o país estava com a alma doente porque Lula está morrendo. Lula está morrendo porque, à sua maneira, vem fazendo extemporaneamente o que Chico Buarque fazia há 30 anos: fala por metáforas e parábolas. É o presidente parabólico...
24/08/2005 - Colaborações - O FUTURO DOS JORNAIS
Como se preparar para a mídia do "eu" ...
24/08/2005 - Colaborações - GUAIACA BONITA, COMPANHEIRO!
Crônica do Edgard......
09/08/2005 - Colaborações -
Quem de nós poderia imaginar que, mesmo dispondo de televisão ou pelo menos rádio, um(a) trabalhador (a) em grande empresa ou seu dependente não saiba o que significa "o dobro"?...
14/06/2005 - Colaborações - VEJA, PF E KROLL
Claudio Julio Tognolli (*) ...
14/06/2005 - Colaborações - MÍDIA EM CINCO ATOS
Vertentes da comunicação na escola vão desde a divulgação de notícias no mural até a transmissão de programas de rádio ...
17/05/2005 - Colaborações - A INSUPORTÁVEL LEVEZA DO SIMPLES
Professor: procure ministrar uma aula melhor, mais criativa e... simples. Isso mesmo, muitas vezes é o que nos falta para alcançar a compreensão completa do conteúdo pelos alunos. A simplicidade criativa estimula o entendimento....
17/05/2005 - Colaborações - TAUTOLOGIA: REPETIÇÕES VICIADAS
As armadilhas da língua portuguesa!...
18/04/2005 - Colaborações - PENSAR DÓI?
Quando começamos a pensar, a refletir, deixamos de ser uma manada de bovinos resignados e passamos a agir como gente que tem vontades....
06/04/2005 - Colaborações - É PRECISO APRENDER COM AS BOAS REPORTAGENS
Pela primeira vez na história da diplomacia brasileira, alguém da ilustre casa foi condenado por práticas de corrupção ...
16/12/2004 - Colaborações - JORNALISMO CIENTÍFICO
Uma crescente modalidade no jornalismo que causa interesse, mas enfrenta dificuldades....



Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL
Busca em

  
4182 Notícias