| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Momento UniFIAMFAAM - Semanário Digital
Desde: 06/12/2001      Publicadas: 4182      Atualização: 26/09/2007

Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL


 PROFESSORES DO UniFIAM FAAM

  15/12/2005
  0 comentário(s)


ENFIM, FORMADOS

Alunos fazem livro-reportagem sobre neonazismo e a banca, que contava com a presença de um sobrevivente da 2ª Guerra Mundial, dá nota 10

ENFIM, FORMADOS
"Ai que alívio." Foi com essa frase que os estudantes de Jornalismo Bruna Della Croce e Fernando Rezende terminaram a apresentação do projeto experimental sobre o neonazismo e arrancaram boas risadas dos que estavam presentes no auditório Silvio Caldas, no dia 22 de novembro.

Diante da banca formada pela professora Rosemary Bars Mendez e pelo sobrevivente da 2ª Guerra Mundial Ben Abraham, a dupla contou por que escreveu um livro-reportagem sobre o tema. Diante dos olhos orgulhosos do orientador Cláudio Tognolli, Fernando contou: "Um dos principais motivos que nos levaram a querer falar sobre o neonazismo foi o fato de termos percebido que muitos jovens não sabiam ao certo o que foi esse movimento e o que ele representou na História".
E como todo bom trabalho tem de surpreender e inovar, os alunos decidiram ir além dos fatos passados e, durante quatro meses, investigaram grupos neonazistas para incrementar o livro. "De início nós faríamos somente um estudo do discurso de Adolph Hitler, mas sentimos a necessidade de realizar um trabalho mais atual, que trouxesse novas informações aos leitores", afirmou Bruna. Assim, dedicaram alguns capítulos do livro aos seguidores do nazismo, como o grupo Triângulo Roxo, os Carecas e os Skinheads.
Não poderia faltar também um capítulo dedicado àqueles que sobreviveram às crueldades cometidas pelo ditador nazista. E para isso, os alunos contaram com o depoimento de Abraham, que é judeu, jornalista, historiador e vice-presidente da Sherit Hapleitá, a associação mundial das vítimas do nazismo. Presente na banca julgadora, ele contou um pouco das suas lembranças: "Eu presenciei as maiores atrocidades praticadas pelo homem, fuzilamentos em massa, enforcamentos coletivos. Prometi a Deus que, se eu sobrevivesse àquele horror, iria evitar que aquilo acontecesse de novo. E é isso que eu venho fazendo". E teceu elogios à iniciativa da dupla: "O livro de vocês tem muita importância, pois, como formadores de opinião, vocês não podem deixar o mundo esquecer do que aconteceu ao povo semita durante a guerra".
A professora Rose também ficou surpresa com o trabalho de Fernando e Bruna. "Eles estão de parabéns. Adoro alunos que me surpreendem", comentou. Depois dessas declarações, não é nem preciso dizer qual foi a nota que eles receberam... Dez, é claro. Se você quer conhecer um pouco mais sobre o projeto experimental desenvolvido por eles e ler sobre um assunto que sempre traz novos aprendizados, pode ir até a biblioteca do Centro Universitário e procurar pelo livro Neonazismo.

Foto: Débora Moreno
Legenda: Fernando e Bruna, alunos que apresentaram o TCC sobre Neonazismo

  Autor:   (Débora Moreno)


  Mais notícias da seção Aconteceu no caderno PROFESSORES DO UniFIAM FAAM
22/02/2006 - Aconteceu - CARLOS NASCIMENTO VAI APRESENTAR O JORNAL DO SBT-EDIÇÃO NOITE
A partir do dia 06/03, ele substitui Hermano Henning...
11/04/2003 - Aconteceu - A ARTE DE AGNALDO FARIAS: COLOCANDO A PLATÉIA PARA PENSAR
Agnaldo Farias passa seu recado no auditório Sílvio Caldas...



Capa |  AGENCIA DE NOTÍCIAS  |  PROFESSORES DO UniFIAM FAAM  |  UniFIAM FAAM DIGITAL
Busca em

  
4182 Notícias


UniFIAM FAAM DIGITAL
 

Gente que escreve

 

PAGANDO FAVORES


AGENCIA DE NOTÍCIAS
 

Fique de olho...

 

FOTOGRAFIA LATINO-AMERICANA NO ITAÚ CULTURAL